O que o IRIS mede

O IRIS fornece uma biblioteca de termos comuns de impacto por ele referenciados. Seu enquadramento pode ser aplicado em todos os setores e localidades, ele foi organizado em seis áreas principais: Descrição da organização, incluindo informações sobre a missão, modelo operacional e localização da empresa

  • Descrição do produto, incluindo descrições dos produtos da empresa, serviços e público-alvo
  • Desempenho Financeiro, incluindo métricas de desempenho financeiro consistentes com os Generally Accepted Accounting Principles (GAAP) e as International Financial Reporting Standards (IFRS)
  • Impacto Operacional, incluindo descrições das políticas da empresa, funcionários e desempenho ambiental
  • Impacto do Produto, incluindo descrições e métricas dos benefícios gerados pelos produtos e serviços da empresa
  • Glossário de definições para termos comuns referenciados no IRIS
Saiba Mais
O que é IRIS

O Impact Reporting and Investment Standards (IRIS) fornece uma linguagem de relatório comum para descrever a performance socioambiental e garantir uma mensuração e uma comparação uniforme do impacto entre as empresas. A taxonomia da IRIS define termos para permitir relatórios consistentes e permitir benchmarking de dados entre empresas, servindo como repositório de dados agregados compatíveis com IRIS. O Global Impact Investing Network (GIIN), o B Lab, o Acumen Fund e a Fundação Rockefeller ajudaram a lançar o IRIS, com o apoio da Hitachi, Deloitte e PricewaterhouseCoopers, no início de 2008.

Saiba Mais
A Avaliação parece requerer muitas políticas formais. Como ela capta o verdadeiro impacto

A Avaliação em geral faz o seu melhor para premiar os resultados socioambientais (versus intenção) em primeiro lugar. Embora possa fazer algumas perguntas relacionadas a políticas formais, essas perguntas são muito menos ponderadas do que perguntas em relação ao que a empresa está praticando. Por exemplo, as perguntas relacionadas ao número de horas que os funcionários da empresa voluntariaram no último ano valerão muito mais do que a questão de saber se a empresa tem uma política formal de serviços comunitários.

  • Políticas - 5%
  • Práticas - 24%
  • Realizações e Resultados - 71%

Outros empresários aprenderam que a formalização de suas práticas lhes permite sustentar essas atividades por um longo período de tempo com mais envolvimento de seus funcionários e, portanto, esta formalização é recompensada na avaliação.

Saiba Mais
Por que avaliar o impacto de toda a empresa

A história repetidamente nos ensina que no o mundo dos negócios há muitas vezes involuntárias consequências negativas de se concentrar em um único objetivo. Este princípio é igualmente relevante entre as empresas com propósitos socioambientais. Não é incomum observar empresas que trabalham com faixas de renda mais baixas, mas pagam salários abaixo do mercado para seus empregados ou instalam painéis solares que foram feitas usando metais tóxicos; muitas vezes o impacto positivo criado em um lado vem à custa de outro.

Acreditamos que o poder da iniciativa privada não é apenas capaz, mas também o mais adequado de todas as forças da sociedade para alcançar múltiplos objetivos socioambientais. Como resultado, a Avaliação de Impacto B é projetada para simplesmente mostrar as empresas o que é possível em todas as dimensões da sustentabilidade, sem prescrever práticas específicas. Assim como a sociedade incentiva os alunos a estudar ambas as ciências exatas e as humanas, esperamos encorajar um mercado que tenha um conjunto mais abrangente de objetivos. Alguns argumentam que lutar por múltiplos objetivos socioambientais dilui o efeito dos objetivos individuais devido a restrições de tempo ou recursos. Não temos dúvidas de que há frequentemente uma compensação entre dois objetivos financeiros ou socioambientais. Mas, isso também não significa que os empresários são incapazes de pelo menos considerar estes tradeoffs por meio da avaliação do desempenho da empresa frente esses parâmetros.

Acreditamos que ampliando a visão na mensuração do impacto ao invés de criar danos, só ajudará a empresa a atingir os seus objetivos a longo prazo.

Saiba Mais
Minha Pontuação de Impacto B aumentou apenas alguns pontos, mas nosso impacto aumentou dramaticamente. O que aconteceu

A Avaliação está longe de ser perfeita, e é possível que uma mudança significativa na empresa não esteja perfeitamente correlacionada com o número de pontos conquistados. Gostaríamos muito de sua ajuda por meio de feedbacks para repensar a ponderação de itens que você acha que deveriam valer mais.

No entanto, isso ocorre com maior freqüência quando uma prática é alcançada, mas outras respostas mudaram, neutralizando assim a mudança de pontuação positiva.

Saiba Mais
Por que a barra de qualificação para se tornar uma Empresa B é de 80 pontos

Estabelecer esse limiar é reconhecidamente um trabalho em andamento, mas aqui está como o Conselho de Normas (Standards Advisory Council, SAC) chegou a pontuação mínima de 80.

Uma vez que cada área de impacto (ex. trabalhadores, comunidade ou meio ambiente) vale cerca de 40 pontos, alcançando 80 pontos no total significaria que a empresa tem de se destacar em várias áreas para alcançar a Certificação Empresa B.

Filosoficamente, o Conselho de Normas (SAC) visa reconhecer essas empresas como Empresas B que criam impacto positivo em múltiplas áreas, em vez de apenas só em uma. Como exemplo, uma empresa que atinge 80 pontos é mais provável que seja uma que produz cadeiras de metais reciclados e paga salários justos aos seus funcionários (entre muitas outras práticas). Desta forma, a Avaliação está medindo o impacto das empresas que por exemplo, apenas utilizam metais reciclados na fabricação, mas não necessariamente geram impactos positivos em outras áreas, dessa forma o objetivo da avaliação é reconhecer que esta prática por si só está gerando impacto, mas ela somente não resolve uma questão socioambiental mais ampla.

Faça login para saber mais sobre as ponderações.

Saiba Mais
Quem está no grupo de referência para a Retrato do relatório de impacto

Este grupo de referência é composto por 2.533 empresas que completaram a Avaliação de Impacto B completa, mas não atingiram a Certificação Empresa B. Alguns detalhes sobre este grupo de referência:

  1. Este grupo de referência inclui apenas empresas que concluíram a sua Avaliação entre Outubro de 2011 e Março de 2014.
  2. Acreditamos que as empresas têm motivos variados para usar seus negócios como uma força para o bem. Com base nos dados fornecidos por essas empresas, acreditamos que aproximadamente 527 empresas se considerarem Negócios Comuns e 2.006 empresas se considerarem Empresas Sustentáveis.
  3. As tabelas a seguir detalham o setor e o tamanho das empresas incluídas neste grupo de referência:

 

Número de funcionários # de Empresas
0 ees 479
1-9 ees 1,113
10-49 561
50-249 307
250-999 121
1000+ 70

 

 

 

 

Setor # de Empresas
Serviço 1,588
Fabricação 413
Atacado/Varejo 469
Agricultura/Cultivadores 57

 

 

 

 

Local de operação principal # de Empresas
América do Norte 1,703
América Latina e Caribe 329
África Subsaariana 131
Europa Ocidental 92
Sul da Ásia 70
Austrália e Nova Zelândia 56
Ásia Oriental e Pacífico 46
Europa e Ásia Central 28
Oriente Médio e Norte da África 3

 

 

 

 

 

 

Saiba Mais
O que a Avaliação aborda

A Avaliação abrange exaustivamente o impacto de uma empresa em relação à todas as partes interessadas, incluindo seus trabalhadores, fornecedores, comunidade e meio ambiente. A Avaliação também captura as melhores práticas em relação à missão, mensuração e governança. A última parte da Avaliação identifica os "Modelos de Negócios de Impacto" específicos da empresa, que incluem o foco direcionado e formal em um benefício para uma determinada parte interessada, por meio de produtos e serviços ou práticas internas, essa área é fortemente ponderada.

Saiba Mais
Minha empresa é uma startup. Como isso afetará minha pontuação

A Avaliação é uma medida da performance atual ou de um passado recente em diferentes dimensões de impacto. A Avaliação não visa recompensar intenções futuras (por exemplo, a empresa planeja distribuir 5% de seus lucros para instituições de caridade), pois esses itens seriam difíceis de verificar.

Como resultado, muitas startups consideram a Avaliação útil como uma ferramenta de aprendizagem para ajudar a moldar as políticas e práticas a serem incorporadas por sua empresa no futuro. Incentivamos as empresas a começar a avaliar o seu impacto desde o primeiro dia, e descobrimos que essas empresas experimentam melhorias significativas de pontuação ao longo do tempo.

Saiba Mais
Como é atribuída a pontuação a Avaliação

A Avaliação é pontuada em 200 pontos possíveis. As ponderações de cada questão e seção dependem da "Trilha de Avaliação" específica - determinada pela indústria, tamanho e localização - da empresa que faz a Avaliação. Pontos são recebidos para cada resposta positiva, uma pergunta ou seus pontos nunca são perdidos. Em certas seções, os pontos são recompensados por cálculos e combinações de uma série de perguntas diferentes. Assim, embora certas questões não sejam "ponderadas" por conta própria, elas contribuem para a pontuação global. A Avaliação pontua automaticamente e em tempo real, de modo que, na conclusão da Avaliação, é imediatamente possível rever os seus resultados.

Saiba Mais

Pages

Voltar ao Topo